Os Efeitos das Barras de Access™ na Ansiedade e Depressão - Estudo Piloto




Terrie Hope é palestrante e pesquisadora especializada em Medicina Quântica, PhD, DNM e realizou em novembro de 2017, uma interessante e profunda pesquisa científica que revelou que os resultados de uma sessão de 90 minutos de Barras de Access™ causaram uma significativa diminuição nos índices de depressão e da ansiedade.


Através dos resultados de quatro questionários padronizados cientificamente válidos e através de padrões de ondas cerebrais usando mapeamento cerebral (QEEG), a Dra. Hope descobriu em seu estudo que as Barras de Access reduziram a gravidade dos sintomas de ansiedade em 84,7% (média), e dos sintomas depressivos em 82,7% (média).


Transcrevo abaixo a Síntese da Pesquisa:


Resumo

Ansiedade e depressão são distúrbios altamente prevalentes que resultam em sofrimento humano. As consequências para o indivíduo incluem o aumento da utilização de cuidados de saúde, deficiência e diminuição de renda; a depressão, em sua prevalência atual, também impacta a produção econômica global.

As Barras de Access™, uma técnica de terapia energética não invasiva, foram avaliadas quanto aos seus efeitos sobre a ansiedade e a depressão, utilizando tanto o autorrelato subjetivo das pessoas analisadas, quanto as medidas objetivas de escaneamento do cérebro de cada uma delas.


Metodologia

Os testes tiveram a participação de 7 representantes, com idade média entre 25 e 68 anos, que foram avaliados como portadores de ansiedade leve até ansiedade grave e/ou depressão. Os métodos de avaliação foram medidas padronizadas de autorrelato: Inventário de Ansiedade de Beck (BAI), Inventário de Depressão de Beck-II (BDI-II), Inventário de Estado-Traço de Ansiedade (STAI), e Escala de Estado e Traço de Depressão de Maryland (MTSD). Dados de eletroencefalograma (EEG) foram adquiridos para análise objetiva da função cerebral via QEEG e sLORETA. As avaliações foram realizadas antes de uma sessão de Barras de Access de 90 minutos e imediatamente após a sessão.



Resultados

Índices mais baixos foram relatados em todas as medidas de autorrelato após a sessão.

A pontuação média do BAI (Inventário de Ansiedade de Beck) caiu de 23,3 para 3,6 (-84,7%), p=0.004.





As pontuações médias do BDI II (Inventário de Depressão de Beck-II) foram reduzidas de 22,3 para 3,9 (-82,7%), p = 0,02.





A pontuação média do STAI-S (Inventário de Estado-Traço de Ansiedade) caiu de 38.9 para 25.9 (–33.5%), p= 0.027.







A pontuação do MTSD-S (Traço de Depressão de Maryland) foi reduzida de 23.6 para 4.7 (–80%), p = 0.015.





O mapeamento cerebral derivado do resultado do QEEG mostrou mudanças notáveis nas bandas de 6 Hz (ondas teta) a 21 Hz (ondas beta). Estas bandas de frequência nos resultados do pré-teste mostraram valores extremos de desvio padrão (SD), de –3 a –1 abaixo da norma, e mudaram para normal nos resultados pós-teste. Saiba mais sobre ondas cerebrais, aqui.


Conclusão

O tratamento com Barras de Access™ foi associado a uma diminuição significativa na gravidade dos sintomas de ansiedade e depressão e um aumento na coerência do EEG. Estes resultados sugerem que as Barras de Access™ podem ser úteis como tratamento para ansiedade e depressão.



Fonte:

The Effects of Access Bars on Anxiety and Depression: A Pilot Study

Terrie Hope, Toronto, Canada

Energy Psychology Journal, november 2017

Entrevista do Dr. Dain Heer, Co-Criador de Access Consciousness® com a Dra. Terrie Hope




Uma sessão de Barras de Access™ pode ajudar com o seguinte:


• Maior clareza mental

• Motivação

• Aumento significativo de alegria e felicidade

• Maior relaxamento

• Insônia

• Ansiedade e depressão

• Saúde e controle de peso

• Estresse e sobrecarga

• Enxaqueca

• Ataques de pânico

• TOC


Há vários outros estudos mostrando a eficácia. Experimente!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • whatsapp_edited_edited